Como vencer a insegurança e colocar seus projetos em prática

7 de janeiro de 2019

Vocês já pararam para pensar quantas vezes deixamos de colocar em prática nossos projetos por insegurança? Para ajudá-los a deixar de lado esse sentimento que atrapalha – e muito! – a nossa vida, resolvi escrever este post. Tenho visto por aí muitas pessoas inspiradoras começando projetos do zero e compartilhando suas experiências.

Vejo que ideias como “dê o primeiro passo”, “antes feito do que perfeito”, “como empreender” têm invadido as redes sociais. E não é para menos! Todo mundo tem uma ideia na cabeça que gostaria de colocar em prática, mas poucas pessoas realmente fazem acontecer. Então vamos lá! Acompanhem aqui dicas infalíveis para 1º – vencer a insegurança e 2º – colocar seus projetos em prática!

 

1º – COMO VENCER A INSEGURANÇA

A pessoa insegura é aquela que, primeiramente, não confia em si mesma. Isso está diretamente relacionado à falta de autoconfiança. Uma maneira de trabalhar essa questão e começar a virar a jogo é focar no autoconhecimento. Procure as causas da sua insegurança e invista em ações para elevar sua autoestima. Veja algumas sugestões de atitudes que ajudarão vocês nessa jornada:

 

– Não dependa da aprovação dos outros para cada passo que você der.

A pessoa insegura tem o hábito de perguntar a opinião dos outros para TUDO o que vai fazer. É legal ouvir um feedback de amigos, família ou de profissionais. Mas, não fique na dependência de outras pessoas para todos os seus passos. Você pode nunca sair do lugar, pois muitas vezes os outros não estão preparados para entender as suas ideias e aspirações.

 

Aceite as críticas construtivas e tente melhorar a partir delas.

Críticas construtivas contribuem para enriquecer nossas ações. É possível identificar nossos defeitos e tentar melhorar a cada dia. Já quanto às críticas negativas, sugiro que avaliem se elas têm fundamento. Se tiverem, procurem entendê-las e melhorar, caso contrário, esqueça.

 

– Não fique se comparando o tempo todo com as outras pessoas.

A insegurança nos deixa vulneráveis e daí surgem hábitos como ficar se comparando ou competindo com outras pessoas o tempo todo. Se você perceber que está fazendo isso, procure se valorizar e focar no seu crescimento pessoal e profissional.

 

– Tente superar seus pontos fracos.

Parece difícil, mas é totalmente possível. Nossos pontos fracos podem atrapalhar e aumentar nossa insegurança. Tentar superá-los envolve aceitação e força de vontade. Saia da zona de conforto e trabalhe com estratégias para amplificar seus pontos fortes.

 

– Reflita sobre sua autoimagem e sua autoconfiança.

Autoimagem é a imagem que fazemos de nós mesmos e ela é muito importante! Se você faz uma imagem ruim de si próprio, a tendência é que os outros comecem a enxergar você dessa forma também. Por isso, reverta o quanto antes esse tipo de atitude. Autoconfiança é aquele sentimento de confiar em si mesmo. Reflita sobre a visão que você tem de si mesmo e não se subestime.

 

– Aprenda com seus erros e fracassos.

A pessoa insegura geralmente nem percebe o quanto se aprende com erros e fracassos. No entanto, são esses os momentos em que mais aprendemos e crescemos. São em meio a situações de fracasso que, geralmente, encontramos forças para recomeçar ou para buscar novos objetivos.

 

– Ria de você mesmo.

Chega de tensão! Começar a rir de si mesmo é um hábito prazeroso e que ajuda a transformar a insegurança em abertura para novas possibilidades. A insegurança traz sofrimento e cobrança. Quando você deixa isso de lado e busca se divertir e aprender mais, tudo fica mais leve e começa a fluir de maneira diferente.

2º – COLOQUE AGORA SEUS PROJETOS EM PRÁTICA!

Agora que você deixou ou está se preparando para deixar a insegurança de lado, é hora de colocar os seus projetos em prática. Para isso, é importante avaliar alguns aspectos – mas com segurança e determinação! Vamos lá.

 

– Opte por áreas que você realmente gosta.

Eu acredito que esse é o fator mais importante na hora de definir um projeto pessoal ou profissional. Escolha áreas de atuação que realmente te encantem!

Gostar daquilo que você irá desenvolver é a maneira de encontrar a motivação necessária para um projeto, principalmente para o pontapé inicial.

 

– Busque conhecimento.

Tirar um projeto do papel envolve várias etapas e buscar conhecimento para dar conta de todas elas é essencial. Quanto mais entendemos daquilo que vamos realizar, mais chance temos de que tudo dê certo. Procure estudar, fazer cursos, buscar tutores ou profissionais das áreas que você precisa conhecer. Aprender nunca é demais!

 

– Faça um planejamento.

Até mesmo para aquelas pessoas seguras de si, planejar antes de colocar um projeto no papel é algo fundamental. Um planejamento bem feito contribui para orientar nossas ações e ajuda a organizar nossas ideias. Por mais que a ideia inicial seja incrível, tudo pode ir por água abaixo se não planejarmos e criarmos um cronograma para nossas ações.

 

– Tenha disciplina.

Fazer acontecer também exige disciplina. Não adianta ser bom naquilo que você escolheu e fazer um planejamento se depois você não tiver disciplina para seguir com seus projetos. A disciplina é algo que se aprende e que fará toda a diferença nos seus resultados.

 

– Não desista no primeiro obstáculo.

Desistir ou ficar desestimulado no primeiro obstáculo são as ações mais comuns para aqueles que estão iniciando um novo projeto. Tenha ciência de que os obstáculos irão aparecer e que podem ser vários ou até muitos! Mas, tenha coragem e confiança para seguir em frente. Lembre-se de que as dificuldades podem ser ótimas oportunidades de aprendizado.

– Mude o projeto se achar necessário.

Quem aí já não viu alguém estabilizado mudar de área, começar um novo projeto ou até relançar algo? Tudo é possível! O importante é não desistir de seus sonhos e renovar suas ideias o tempo todo. Não vale se acomodar e nem ficar insistindo em situações que geram apenas insatisfação. Mude, se precisar. Recicle projetos. Recomece. Um novo plano pode ser aquilo que você está precisando para encontrar o seu caminho.

 

E então, gostaram dessas dicas? Ter segurança para tirar uma ideia do papel não é nada fácil, mas começar novos projetos é revigorante! Vocês têm muitos projetos para colocar em prática? Contem nos comentários, vou adorar saber!

 

Beijos,

 

 

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado.